Terça-feira |

Reflexões - Minha vocação

Aos doze anos, ganhei uma estampa de um menino Jesus carregando uma cruz com a frase de São Mateus: “SE QUERES SER PERFEITO TOME A MINHA CRUZ E SEGUE-ME”.

Isso penetrou em meu coração como uma raiz e, cada dia, foi se tornando mais forte o grande desejo de caminhar com Jesus. Em minha cabeça de criança, não entrava o SER PERFEITO, mas sim ajudar a carregar a cruz. Mas sabia que isso, era o mais difícil.

 

Tive que lutar durante três anos até convencer meu pai. Quando recebi a sua benção, procurei uma tia que falou com as Irmãs do Instituo Baroneza de Piracicaba e me, encaminhou para lá.

Mais uma prova de fogo: Era necessário levar um pequeno enxoval, algumas roupas de cama, vestidos adequados... Saí com meu pai acreditando que íamos para as tais compras. No entanto, ele me levou a uma concessionária e me ofereceu um carro. Eu até poderia escolher tudo para que não fosse para o convento! Não foi fácil, o coração de adolescente chegou a balançar. Após alguns momentos de reflexão, disse: “A minha alegria está em outra loja!” Ele abaixou a cabeça e, fomos comprar o enxoval.

 

O dia primeiro de agosto de 1963 foi um dia muito feliz. Deixei meu pai chorando, mas meu coração explodia de uma alegria inexplicável.

Em Piracicaba morei um ano e meio e depois fui a São Paulo estudar e fazer meu Aspirantado.

Depois dei mais um passo na vida religiosa tornando-me Postulante, fiz meu Noviciado em Araraquara – SP recebendo o hábito religioso e nome de Irmã Silvia, pois na época era costume trocar o nome.

 

Em 1968 fiz minha Profissão Temporária com JESUS CRISTO. Para os que ouviram era por apenas cinco anos, mas, em meu coração, já era definitivo. Assim que pronunciei meus votos senti uma realização plena de fidelidade que nem consegui assinar meu termo de compromisso. A caneta saltava de minha mão e a letra não saia.

 

Trabalhei 33 anos na educação de crianças e adolescentes em situação de risco. Em Araxá – MG 27 anos como professora de educação infantil, 10 anos como conselheira municipal dos direitos das crianças e adolescentes representando as entidades de Araxá. Dois anos em Ribeirão Preto – SP em salas de educação infantil, um ano em Gaspar – SC e um em Ibate – SP comunidade inserida.

 

Hoje, com 78 anos de idade, moro em São Paulo, trabalhando com os adolescentes. Sou muito feliz e fui durante toda minha caminhada! Se tivesse que começar faria tudo de novo com o mesmo amor.

 

Jovem, abra espaço em seu coração. Deixe Jesus falar e tenha coragem de lutar por Ele vale a pena. A igreja precisa de você.

 

 

Irmã Lazara Silveira Maia